quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Beagles usados como cobaias de laboratório são libertados das gaiolas pela primeira vez



Um total de 72 cães da raça Beagle foram resgatados em junho por membros da Animal Rescue Media Education (ARME), durante uma operação realizada em uma empresa de cosméticos na Espanha.

Aterrorizado: O rosto deste cão diz tudo quando ele contempla a liberdade pela primeira vez (Foto: Reprodução)




Os cães, todos machos, eram mantidos em cativeiro dentro de um laboratório, e foram liberados de suas gaiolas, pela primeira vez.

Com medo e visivelmente inseguros de deixarem os limites de suas gaiolas, os cães que nunca tiveram qualquer interação física com os outros, puderam pisar na grama e sentir o cheiro das árvores, o que é comum para qualquer cachorro livre deste tipo de crueldade.

Eles pertenciam  a um laboratório na Espanha, onde eram usados como cobaias para teste de diversos produtos, inclusive cosméticos.

Beagles são frequentemente utilizados em testes de laboratório, e por serem animais dóceis, companheiros e confiáveis, acabam se tornando cobaias perfeitas.

Confira o vídeo do momento em que alguns cães são libertados e veem e sentem a luz do sol pela primeira vez.





E o momento em que chegaram em Los Angeles (EUA), na semana passada, onde serão colocados para adoção.



Fonte: www.wtfnoticias.com.br e Daily Mail
Blog do Johnnyon

4 comentários:

  1. emocionante a liberdade desses anjinhos!!!!

    ResponderExcluir
  2. A DIVULGAÇÃO DAS EMPRESAS QUE USAM ANIMAIS PARA COBAIAS DEVE SER GRANDE, PARA QUE AS PESSOAS NÃO COMPREM SEUS PRODUTOS.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Ainda existe gente em empresas com tamanha crueldade desse nível ,quando hj tanto se é divulgado e incentivado a consumir produtos de empresas que não fazem testes em animais?
    divulguem o nome para nós e eles saberem com quem eles estão lidando nós consumidores que gostamos dos animais no dia que nos unirmos eles verão a força que existe e com quem estão lidando.Irão a falência malditos infelizes fadados ao capitalismo.

    ResponderExcluir